Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Stress Residual e Férias.

por Volátil, em 26.07.14

Stress residual é o que eu chamo ao stress que e sente quando, por algum tempo, desaparece tudo aquilo que nos faz estar stressado. É uma espécie de conservação do momento linear que nos emburra com a mesma velocidade a que íamos antes de pararmos abruptamente. E é isso que acontece quando estou de férias ou quando simplesmente tenho dois dias em que posso parar. 

 

Contudo, embora o meu corpo possa ficar esticado na cama até mais tarde, a minha cabeça liga sempre à mesma hora e estraga todo os descanso, continuando ela só, na agitação comum dos dias. Revê conversas. Calcula possíveis resultados para opções não tomadas. Revê as consequências de tudo isso até que finalmente o resto do corpo, já farto dessa chinfrineira decide levantar-se (quantas vezes furiosamente).

 

Banho de água fria. Corrida. Banho de água fria. Telemóvel. Café. Nata. Telemóvel. Jornal. Telemóvel. Filmes e séries (às metades ou aos terços que a concentração não dá para mais). Livros (cada vez mais raro). Quase em movimento coordenado e sucessivo até voltarmos ao dia em que a cabeça e o corpo são obrigados, por força das obrigações, aandar à mesma velocidade.

 

É cansativo. Tão cansativo.

(Desta vez vai ser diferente!)

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:01