Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rumores na física quântica!

por Volátil, em 10.02.16

Já passaram 142 anos desde que disseram ao jovem Max Planck para não escolher física. In this field, almost everything is already discovered, and all that remains is to fill a few holes, foi-lhe dito. Nos últimos anos a física tem oferecido descobertas de primeira página de jornais. Não só é conhecido, pelo menos de nome, Albert Einstein e a teoria da relatividade mas toda a gente já ouviu falar do bosão de Higgs (ou "a partícula de deus" como gostam de lhe chamar), também já ouviram falar da radiação cósmica dos primeiro momentos do Big Bang captadas pelo BICEP2 em 2014. Evidentemente, poucos são os que realmente percebem o que isto quer dizer. Mas o importante é que a física passou a ser, surpreendentemente sexy. Tão sexy que já tem direito a rumores.

Segundo alguns tweets e posts o LIGO - The Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory (Caltech/MIT) - está a dias de apresentar uma grande descoberta. Verifiquei agora que esse dia será dia 11 de Fevereiro, já amanhã , à data de publicação deste post. Evidentemente um breakthrough de um laboratório chamado "Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory" tem de ser a divulgação da descoberta das ondas gravitacionais. 

 

Estudei no departamento de física. Não sou físico. Curiosamente o meu interesse foi atraído pela disciplina a que chamavam "a parte da física que trata dos electrões de valência"... mas continuo a gostar disto!

 

Ondas gravitacionais não vão, aparentemente, mudar muito. Não vão contribuir, pelo menos no imediato, para teoria da unificação das forças. Esse sim, será o maior resultado desde a teoria da relatividade. A observação das ondas gravitacionais são mais uma verificação experimental da teoria de Einstein. Tal como a radiação cósmica que demonstra uma contracção do espaço-tempo no início do Big Bang e o eclipse solar de 29 de Maio de 1919, em que se demonstrou que objectos de grande massa desviam os raios luminosos dos astros de fundo e mostram uma posição aparente, diferente da real. Vai aparecer um novo ramo da astrofísica e da observação do espaço. As ondas gravitacionais trarão informação sobre o que se passa com aquilo que não podemos observar directamente. Os grandes buracos negros. 

Mas a grande e importante novidade é a demonstração cabal de que corpos de massa enorme dobram o espaço-temporal e as ondas gravitacionais são o resultado disso. Uma manifestação dessa perturbação. O que os senhores do LIGO tentam fazer, com a maior capacidade de um novo equipamento, desde Setembro de 2015 é detectar sistemas astronómicos que possam produzir este tipo de perturbação. Os rumores indicam que detectaram um sistema binário de buracos negros que acabam por se colapsar num só. Uma oportunidade única de ter um sistema de corpos com uma massa gigante e com aceleração tal que curvam o espaço-tempo e nesse movimento produzem ondas gravitacionais que terão sido captadas pelo LIGO. Dia 11 já saberemos o que se passa. (Portanto, amanhã. 15:30 em Portugal, 10:30 a.m. Washington DC)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13