Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O vestido despido.

por Volátil, em 01.03.15

A grande questão da semana que inundou as redes sociais, os jornais e os noticiários: O vestido é Preto e azul ou branco e dourado?

Para resolver esta questão é preciso entender primeiro conceito de percepção. why-our-brains-see-the-black-and-blue-dress-as-whi
Na realidade não vemos o que os nossos olhos captam de um forma crua. O cérebro recebe e organiza a informação sobre cores, luminosidade e penumbra, libertando a resposta que na situação é a mais apropriada para o individuo. É este trabalho interpretativo que o nosso cérebro executa automaticamente, que dá a noção de profundidade e relevo que no fundo constroem a terceira dimensão. Que está bem patente no campo das ilusões de ópticas, como por exemplo esta
Uma perturbação comum no processamento da cor das imagens está descrita como daltonismo em que o cérebro troca a interpretação do vermelho com o verde. Uma das forma de detectar o grau de daltonismo de um individuo são os conhecidos testes de Ishihara onde várias bolinhas de cores parecidas ou que misturam várias pigmentos em percentagens semelhantes, são colocada lado a lado, baralhando o cérebro na interpretação de uma imagem que essas bolinhas formam em conjunto. Este caso do vestido não é muito diferente de um teste de Ishihara.

Outra parte da resposta está na constituição da retina.
A retina é constituída por dois tipos de células: os cones e os bastonetes (rods). Estão células são fotoreceptores que absorvem a luz que vemos, na diferente gama de comprimentos de onda (cores) visível, a ser trabalhada pelo cérebro. Os cones absorvem 64% vermelho, 32% verde e 2% azul e existem em pequena quantidade na retina. Já os rods vêm em praticamente toda a gama de cores excepto no vermelho e estão amplamente distribuídos por toda a retina.

No cruzamento destes dados podemos perceber que a informação cromática que o cérebro recebe depende muito da intensidade de luz. Ou seja, num ambiente com pouca luminosidade o vermelho não se vê e o verde é a cor que se vê melhor, já que ambos os tipos de células absorvem no comprimento de onda correspondente ao verde.
Assim, a cor do vestido também é influenciada pela luz envolvente para além da percepção de cada um.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59