Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Escaravelho Sagrado.

por Volátil, em 11.09.15

Recebi um presente. Uma pedra verde/castanha (dependendo do daltonismo) com uma pequeninas pintinhas pretas. Maciço, não muito pesado com um toque quente e suave. Nessa pedra está esculpido um escaravelho com alguns hieróglifos gravados na carapaça e principalmente na base. 

IMG_20150911_185323[1].jpg

Quando era miúdo e a TV-Cabo chegou a minha casa, devorei horas e horas de documentários sobre o Antigo Egipto. Deste amuleto, de 9,5 cm de comprimento, 6,5 de largura e 3,5 de altura, foi talhado numa pedra cuja natureza não consigo identificar. Sei que muitos destes escaravelhos era esculpidos em pedras como a jaspe que tem algum significado místico. A jaspe é dióxido de silício (SiO2) e pode apresentar diferentes cores como vermelho amarelo e castanho e é muito utilizada em jóias, muito comuns no sul de África, Brasil e Austrália. 

No Antigo Egipto o escaravelho era um animal sagrado (Scarabaeus sacer, o escaravelho-sagrado). Na sua existência este bicho costuma transportar uma bola de excrementos onde as fêmeas depositam os ovos. Dessa bola eclodiria mais tarde um novo escaravelho bebé. 

Sabe-se pelas pirâmides, por inscrições nos túmulos, pelo Livros dos Mortos e por muitos outros legados que os egípcios antigos nos deixaram que a noção de vida para além da morte era muito importante na sua cultura. A ideia de que a alma poderia deixar o corpo, e depois de preservado no ritual da mumificação, poderia usufruir de uma existência transcendental estava presente no quotidiano desta civilização. 

954839_144829255705642_19161139_n.jpg

O escaravelho era o deus Khepri. A sua função era rebolar o sol pelo horizonte ao longo do dia, como os pequenos escaravelho-sagrados rolam a sua bola de excrementos, trazendo-o de volta no nascimento de um novo dia. Por isso os escaravelhos presentes em gravações hieroglíficas estão muitas vezes associadas ao disco solar.  São encontrados muitos amuletos em forma de escaravelho nas múmias e em diversos tipos de jóias. Na base destas estatuetas podem estar presetes inscrições como algumas passagens do Livro dos Mortos, orações ou nomes de pessoas. 

 

Sem Título.png

Nas base do meu pequeno besouro de pedra também está uma inscrição que eu não consigo decifrar usando a correspondência básica alfabética que Jean-François Champollion extraiu da Pedra da Rosetta. Talvez não tenha qualquer significado e seja simplesmente uma peça decorativa. Talvez tenha uma frase com sentido. Não sei. Adorava saber.

hier.gif

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52