Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estar com a Pica toda.

por Volátil, em 18.02.15

Pica (em Inglês) está descrito no "Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders V" (DSM-V) como sendo um transtorno alimentar que se caracteriza pelo apetite por coisas ou substâncias não alimentares como terra, metal, plástico... e por aí fora. Em português também tem o desinteressante nome de alotriofagia, que obviamente não me interessa.

Ter pica, essa expressão tão utilizada no dia-a-dia, quer esignar o mesmo sentimento. Uma fome incontrolável por uma coisa que não é, literalmente, de comer. É uma fome de fazer coisas, de nos mexermos, de gerar forças para vencer a inércia que a vida nos opõe e meter as calhas da roda a andar.

O que no DSM-V é uma doença mental, na vida é o combustível que nos faz andar. Esta polissemia, de sentidos tão diametralmente opostos e que transportam em si a mesma vontade incontrolável, literal e metaforicamente, de saciar o nosso apetite... é no mínimo curiosa.

Certa manhã, após tantos desesperos, uma irreprimível vontade de viver virá anunciar-nos que tudo acabou e que o sofrimento não possui mais sentido do que a felicidade.
~ Albert Camus in O Homem Revoltado

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16