Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Autocensura.

por Volátil, em 16.04.15

A liberdade de expressão no sentido verdadeiro do termo, não existe. Há medo. Medo de sermos considerados fascistas, racista, homofóbicos, xenófobos, anti-democratas. Há medo que nos seja colado um rótulo por associação leviana daquilo que dizemos a um qualquer grupo radical e perigoso. Porque não usamos as palavrinhas certas e homologadas. Algures no nosso cérebro, entre as àrea de Wernicke e Broca, estão ainda as correntes da censura que muitos preterem perpetuar.

A liberdade é a liberdade de dizer que dois e dois são quatro. Admitindo-se isto, tudo o mais decorre.

~ George Orwell, in 1984

A liberdade de expressão é uma coisa linda que não só nos permite analisar ideias mas sobretudo permite verificar onde estão os idiotas! Por isso devemos promover o falar e escrever livremente para que se possa depois perceber ao que as pessoas vêm e não colocar pressão para que emitam apenas aquilo que é socialmente aceitável ou correcto. 
O politicamente correcto castra o debate de ideias, torna-o mais pobre porque se limita à partida ao que "fica bem" dizer e não deixa passar o que cada um realmente pensa. É triste verificarmos que em pleno Século XXI ainda existem ferramentas de moldar o pensamento - uma retenção na fonte - são agressivas investidas sobre a singular natureza daquilo que somos, a nossa integridade intelectual.
Normalmente estas condições são impostas por pessoas que se assumem como modelo de moralidade, sem preconceitos, pela igualdade. Desconfio logo de quem diz que não ter preconceitos. Não pode ser verdade. Há recalcamento, hipocrisia, arrogância e todos os ingredientes necessários para criar o ser anti-democrata que tanto gostam de projectar nos outros.
Dentro deste silvado em que nos querem manter, temos de estar constantemente a medir palavras. Preto. Negro. Branco. Caucasiano. O Homem. Os homens e as mulheres. A sociedade de hoje é formada por grupinhos extremamente sensíveis ao que lhes dizem. Estes cuidados são a definição de desigualdade. Essa desigualdade está a ser fomentada dentro na nossa cabeça e é aí que a liberdade é primeiramente condicionada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02