Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A estupidez por uma boa causa. #IceBucketChallenge

por Volátil, em 22.08.14

Quem frequenta redes sociais, nomeadamente e particularmente o Twitter, repara com facilidade numa dinâmica de opinião que segue sempre o mesmo padrão, seja qual for o assunto. Em primeiro lugar aparece o futuro assunto viral e as pessoas acham graça. Depois dá-se o aumento exponencial de visualizações, reproduções, copycats e afins. Muitas pessoas gostam. É nesta altura que aparece a outra facção, as pessoas que detestam o primeiro grupo que adora a acção deciminada em questão. 

 

Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença neurodegenerativa, sem causa conhecida (com influencia genética) e sem tratamento. Basicamente as fibras nervosas que vêm da medula espinal deixam de funcionar, o que leva a uma não condução da neuroestimulação do sistema muscular. O doente perde a locomoção, a fala, a capacidade de deglutição de forma rápida e progressiva. É absolutamente assustador. 

 

Como outras doenças que matam sem se saber porquê, a ELA precisa de investigação, os doentes precisão de ajuda devido às grande limitações infligidas pela atrofia do seu próprio corpo. E é ai que o ridículo Ice Bucket Challenge. Basicamente concite num vídeo em que uma pessoa a deitar um balde gelado de água cabeça abaixo e a nomear 2 ou 3 amigos a fazerem o mesmo ou doar dinheiro para uma associação de doentes com ELA. Podia nunca ter pegado, mas como estas coisas virais seguem um movimento browniano, que de choque em choque, vai subindo de forma a termos vídeos de diversas figuras publicas a levarem com baldes de água fria. Bill Gates. José Mourinho. Manuel Luís Goucha. George W Bush. Acompanhados com a respectiva doação de dinheiro para uma associação. 

 

Eis que aparece o grupo que detesta todas as milhares de pessoas que seguiram esta moda viral que está realmente a angariar fundos para uma causa. Sim, é uma moda. Sim, é viral. Sim, é ridícula. E sim está mesmo a conseguir fundos para a investigação desta doença horrível (sim, há outras doenças horriveis mas estamos na ELA, e podemos passar para outras da mesma forma!), como nunca antes foi visto. Todos nós já vimos estupidez viral, desde o "planking" até aquela nojice do "desafio da canela". Tudo estupidez gratuita. Desta vez temos estupidez por uma boa causa. É bom não esquecer isso e deixar os julgamentos no bolso de trás das calças. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49


1 comentário

Imagem de perfil

De blackened a 23.08.2014 às 00:32

Alguém inteligente lembrou-se de canalizar a estupidez toda para um final útil e feliz. Dou o mérito a essa alminha rara, qualquer que seja. O resto é só mesmo água fria.

Comentar post